domingo, 13 de dezembro de 2009

QUEM RI POR ÚLTIMO...


- Olá, Sr. Dorival!

- Olá! Apenas me chame de “Dó”. Não é necessária toda essa formalidade.

- Mas é claro! Desculpe-me... Diga-me: como anda a vida? – disse o interlocutor efusivo.

- Ah... A mesma merda de sempre.

- Como assim? Tenha dó!

- Sou eu!...

- Eu quem?

- Eu, Dó!

- Não, eu me referia à situação.

- Ah, sim. Uma merda mesmo...

- Mas porque o senhor diz uma coisa dessas?

- Senhor está no céu, sou apenas Dó. Entendeu?

- Claro, desculpe-me mais uma vez.

- Sem problemas, tem gente que é surda mesmo...

- Como é que é?

- EU - DIS-SE – QUE – TEM - GEN-TE – QUE – É - SUR-DA!

- Mas eu já entendi isso da primeira vez...

- Claro, claro... Então o senhor é apenas devagar das idéias.

- Ora essa, eu vou fingir que não ouvi! Mudando de assunto, como está o seu trabalho?

- Ah, continua a mesma bosta de sempre com as mesmas pessoas medíocres. Nenhuma novidade, apenas que a minha mulher me deixou pra ficar com o meu chefe, e o desgraçado colocou o sobrinho dele para exercer a minha função enquanto fui rebaixado.

- Jesus, Maria e José! Mas que dó...

- Sim, sou eu, Dó!

- Não, eu me referia a sua situação. É desesperadora.

- Ah, sim! Paciência, né?! Fazer o quê?

- Tentar mudar o quadro geral pode ser um bom começo. Não acha? – perguntou o interlocutor.

- Acho que não, estou conformado por enquanto.

- Pelo menos agora você é solteiro e pode sair com quantas mulheres quiser.

- Eu até poderia, mas não consigo. Meu pau caiu.

- O quê? Como assim caiu?

- Sei lá, ficou preto, murcho e caiu. Agora eu urino de canudinho.

- Que horror! Por que não procurou o médico?

- Ah, eu não estava usando ele para nada mesmo...

- E o que vai fazer agora?

- Vou dar um jeito, mas antes tome o meu novo endereço e procure-me no próximo final de semana – e entregou um pequeno papel que o seu interlocutor guardou no bolso sem ao menos ter lido.

- Aonde você vai agora?

- Ali naquele prédio alto, preciso ver uma coisa lá de cima.


Na semana seguinte o homem abriu o papel que dizia: Ala direita, quadra 2, rua 12, jazigo 80. Notou que era o endereço de uma cova em um cemitério e, chegando lá, leu o epitáfio escrito em uma pequena placa: “Aqui jaz um cara que se fodeu na vida, perdeu a esposa e morreu sem o pau... Mas roubou todo o dinheiro do chefe e levou os dados bancários para o túmulo. Quem ri por último, ri melhor. Otário!”

12 comentários:

Mahria disse...

kkkkkkkkk
Muito bom, voltarei mais vezes, para simplesmente me divertir.

Bjs
Mah

Rute disse...

Parabéns, ri muito!
Parabéns pelas postagens no seu blog!
Beijinhos a vc
www.rute-rute.blogspot.com

Rute disse...

Ah!!Obrigada pela visita ao meu blog, Seja sempre bem vindo! Estarei por aqui também!rs..
beijinhos a vc

Tatiana disse...

FDP esse Dò hein? kkkkkkkkkkkkk
Nome muito apropriado..
Não sei se ficava com pena dele ou do chefe..

Ps: Obrigada pela visita

=)

Ju Fuzetto disse...

Obrigada pela visita em meu blog!!!

Muito legal seu espaço!

Parabéns!

Tô seguindo

Anonima disse...

preciso tomar cuidado com gente que ri por ultimo.
puta sacanagem hem!
hahaha

http://humor-subliminar.blogspot.com

Anonima disse...

Obrigada pela dica!!
Da proxima vez sou esconder a arma na cabeca!
Dai quando eu der de cara na porta,
espero que a bala va em direcao no desgracado que fez daquilo algo nao eficiente!
rsrs

*detalhe, quando aquilo ocorreu,
eu estava de SAIDA.
HAHA

http://humor-subliminar.blogspot.com/

Anonima disse...

Sim, nem as portas giratorias perdoam
esse meu ser.
Elas criam vida e resolvem gozar da minha cara.
Obrigada, vou precisar mesmo de sorte pra acordar com vida.
Prazer todo meu :D

http://humor-subliminar.blogspot.com/

Olavo disse...

” A alma é invisível,
Um anjo é invisível,
O vento é invisível,
o pensamento é invisível, e,
no entanto, com delicadeza,
se pode enxergar a alma,
se pode adivinhar o anjo,
se pode sentir o vento,
se pode mudar o mundo com alguns pensamentos.”

Boas festas...

Olavo.

Juliana Dias disse...

kkkkkkkkkkkkkk

Li os "posts" todos sem parar...

Adorei o do "Maluf", rsrs

Estou seguindo!

Márcia Carolina disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... engraçado!!!!!

adoro esse tipo de humor!

Luanne de Cássia disse...

hahaha
Safadoo esse Dó.