quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

ENTÃO É NATAL...

Pois é, o natal está chegando e fico triste ao ver que transformaram uma data tão significativa em mais uma desculpa para vender, vender, vender, lucrar, lucrar, lucrar. Certamente não era essa a idéia dos primeiros cristãos e nem do original Papai Noel que, na verdade, era um bispo nascido na Turquia em 280 d.C. de nome Nicolau (São Nicolau).

Criaram um Papai Noel capitalista e cujo marketing tem como principal apelo o consumo. Por essa razão deixo aqui um clássico do punk nacional para que nos lembremos que o natal não é consumo, mas algo que se perdeu há muito tempo.




Música: Papai Noel FDP
Composição: Garotos Podres
Execução: Ratos de Porão

2 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Natal é muito mais que presentes. Natal é a alegria nos olhos, a companhia de pessoas queridas. Natal é a simplicidade que toca no peito!

Daniel Maia Silveira disse...

Oi Ju! Excelente definição para o Natal. É uma pena que pouquíssimas pessoas pensem como você.

Um beijo!