segunda-feira, 2 de junho de 2008

O HOMEM PODE MUDAR O MUNDO

Os problemas ambientais e sociais do mundo atual, como o aquecimento global, as queimadas, a injustiça e impunidade, a falta de consciência das pessoas, nos leva a pensar: por que não acabamos logo com o mundo? Vamos lá, pensaremos então como destruí-lo em todos os sentidos, mais rápido.

Começaremos com coisas pequenas, mas se todos fizerem a sua parte, com certeza alcançaremos nossos ideais. Deixe torneiras abertas por mais tempo, jogue, sim, mais lixo nos canais, nas ruas ou até mesmo no vaso sanitário de sua própria casa! Solte mais balões, fale mais palavrões. Se você é um daqueles bons cidadãos e nunca cometeu nenhum delito, experimente a sensação de roubar o pouco que os outros possuem, assalte mais! Seja um infrator!

Passemos então para o nível dois, podemos usar mais sprays que contenham gás CFC para diminuir de vez a camada de ozônio; nas eleições, vote mais “nulo”, deixe espaço apenas para aqueles que foram comprados por “bons” políticos; use mais gasolina, jogue mais criancinhas pela janela.

Agora, por que não doamos logo a Amazônia para os Estados Unidos e, em troca, colocamos filiais enormes da “Victoria’s Secret” em cada estado do Brasil? Mantenha detentos em cadeias, mas com livre direito de ir e vir; escravize mais crianças; compre mais animaizinhos bonitinhos sem a autorização do IBAMA.

Exiba mais seus maus hábitos, feche os olhos para tudo o que há de errado. Tente. O homem sempre excede as expectativas, sempre alcança seus objetivos. O homem quer mudar o mundo... Parabéns... Ele está conseguindo!

4 comentários:

daniel disse...

A cada dia que passa o homem se supera, infelizmente isso acontece mais para o mal do que para o bem.

O bicho homem é mesmo estranho, ele destrói a própria casa e reclama que as coisas estão ruins...

ArayaN disse...

o homem é um animal racional mesmo?
TEnho minhas dúvidas...

Thatis disse...

E até que seja racional,
essa sua racionalidade é o que o torna brilhante, e ao mesmo tempo é o que o torna estúpido.

Carlitos disse...

A verdade é que pouco fazemos pra mudar essa realidade. Eu mesmo nada faço.